Está aqui

Comentários efectuados por tadeu

  • Tadeu comentou a entrada "diferença entre cego e invisual" à 13 anos 6 dias atrás

    Apesar de não ter entendido tudo o que escreveu, devo dizer-lhe que o facto de ter andado numa escola para invisuais não significa que o termo invisual esteja correcto. Eu também estive num instituto para cegos onde sempre aprendi que a palavra cego é que é correcta, faço parte de uma associação de cegos onde me dizem que a palavra cego é a mais correcta.
    O blog de Tadeu

  • Tadeu comentou a entrada "Deficientes «não podem» dar sangue, diz médica" à 13 anos 3 Semanas atrás

    O blog de Tadeu
    Mais do que discriminação, é a ignorância de uma pessoa com doutoramento e que deveria, portanto, estar claramente informada e não proferir afirmaçõe falsas que põem em causa a sua própria competência profissional.

  • Tadeu comentou a entrada "Deficientes «não podem» dar sangue, diz médica" à 13 anos 1 mês atrás

    O blog de Tadeu
    Agora não são apenas os homossexuais que não podem dar sangue, coisa que se compreende, afinal os homossexuais são promíscuos e afetos a muitas doenças, coisa que não se verifica nos heterossexuais que têm todos um(a) só parceiro(a), não é verdade?
    Agora os deficientes que nem entendem nada dessas coisas pecaminosas do sexo também não podem dar sangue! Porquê? Sinceramente não entendi...

  • Tadeu comentou a entrada "Só queria ser feliz..." à 13 anos 3 meses atrás

    Tb podes contar com o meu apoio para o que precisares desabafar. Adiciona-me ao msn: tadeubengala@gmail.com

  • Tadeu comentou a entrada "CEGOS/RACISMO" à 13 anos 4 meses atrás

    O pior é chegarmos à conclusão que aqueles s que são discriminados, eles próprios tb discriminam. Os cegos têm a interessante característica de serem eles próprios racistas. E falo de racismo no verdadeiro sentido da palavra, ou seja, há cegos que não gostam de negros simplesmente porque são "pretos". É triste verificar que, na realidade, o sofrimento não ensina as pessoas a serem melhores. Ensina-as sim a tornarem-se os algozes das próximas vítimas!
    Tadeu www.lerparaver.com/tadeu

  • tadeu comentou a entrada "nota" à 13 anos 7 meses atrás

    Desde o dia 22 de Abril está publicado no meu blog o programa da lista da Cristina.
    Já solicitei tb ao Franklin que me enviasse o programa dele para o publicar e estou a aguardar a resposta.

  • tadeu comentou a entrada "Cegos - Sócrates reconhece problema com listas de espera" à 13 anos 8 meses atrás

    Qual o interesse das câmaras Municipais em mandar pessoas para Cuba? Não temos bons médicos em Portugal, em França, nos Estados Unidos?
    150 cegos algarvios operados? Com ou sem êxito? onde estão eles, os seus depoimentos? porque isso não é divulgado se é verdade? Essas pessoas deviam vir a público para que acreditássemos!

  • tadeu comentou a entrada "Há páginas que têm um nome vergonhoso!" à 13 anos 9 meses atrás

    Ser superior não chega! Não podemos aceitar que nos ofendam impávidos e serenos como seres superiores que nem somos. Somos iguais, apenas com as diferenças que distinguem cada indivíduo e que não passam pela deficiência de que somos portadores.
    Já disse que não estou de acordo com o nome da página. Além de ser um nome desagradável, está totalmente descontextualizado, como pude já verificar ao visitar a página. Trata-se de uma página de download de programas acessíveis. Se se tratasse por exemplo de uma página sobre os esteriótipos que o cego enfrenta na sociedade o título até faria sentido. Como diz um amigo meu. Trata-se da piada fácil, aliás sem piada nenhuma.

  • tadeu comentou a entrada "Há páginas que têm um nome vergonhoso!" à 13 anos 9 meses atrás

    Esta não é uma situação que me incomode muito. Ficaria sim indignado se essa página fosse construída por normovisuaisque tivessem por objectivo humilhar os cegos. No entanto, é uma página feita por cegos e para cegos. Creio que se eles utilizam o termo cegueta é precisamente para melhor lidar com a estupidez de quem diz "lá vem o cegueta".
    Quantas vezes nós cegos, entre nós brincamos, nos tratamos por ceguetas e quando vamos uns contra os outros dizemos por brincadeira: parece que és cego! Quando somos capazes de brincar as situações desta forma, é sinal que as conseguimos encarar de forma positiva e saudável.
    As situações dependem do contexto: concordo que Cegueta não é o nome mais adequado, sim, concordo. Mas já visitei a página e não acho importante neste contexto criticá-los pelo nome que lhe deram, embora, repito, não concordo com o nome nem o daria a uma página minha.
    Aproveito para recomendar a visita a um blog que oriento juntamente com um amigo e no qual isso está mais bem explicado no primeiro post:
    http://cegodivertido.blogspot.com

  • tadeu comentou a entrada "A sexualidade e os cegos" à 13 anos 9 meses atrás

    Já por várias vezes se tem falado aqui em opções sexuais, como se tudo não passasse de uma escolha como a roupa que se vai vestir no dia seguinte. Meus amigos, algum de vocês escolheu ser deficiente visual? Eu sofri muito quando me descobri homossexual. Primeiro não entendi o que se passava, pois os esteriótipos nada têm que ver com a realidade: quando se está de fora pensa-se que os homossexuais são homens que gostam de homens, consequentemente gostariam de ser mulheres, de vestir roupa feminina e usar baton. Isso é falso. Um homossexual é uma pessoa que tem o seu desejo sexual dirigido para uma pessoa do mesmo sexo, mas que se sente bem com o facto de ser homem ou mulher (no caso das lésbicas) e não deseja mudar de sexo.
    Quando me descobri homossexual, continuei a ser homem, a gostar de ser homem, por isso tudo me parecia estranho. O texto que está na bengala legal http://www.bengalalegal.com/opcao.php explica muito bem toda essa questão. Eu pergunto: algum de vocês escolheu ser cego/amblíope? E se pudesse escolher seria assim? Acham lógico falar-se de opção visual relativamente à cegueira?
    Tenho visto muitos cegos incomodados com a ignorância dos normovisuais em relação à deficiência visual e no entanto, vejo nessas mesmas pessoas incomodadas a mesma ignorância em relação à orientação sexual (termo correcto) ou condição sexual. Quem fala de opção sexual nem sonha as dificuldades de se ser homossexual numa sociedade como a nossa. Mas todos vocês, cegos e amblíopes, podem imaginar essas dificuldades se pensarem nas dificuldades por que passa uma pessoa na condição de deficiente visual. Não falo nas dificuldades físicas propriamente, mas nas consequências emocionais e morais que a condição de diferente acarreta.
    A ignorância é aquilo que mais incomoda um homossexual, um cego, um paraplégico.
    Gostaria de terminar com este pensamento em jeito de pergunta: A deficiência não é opção. a orientação sexual não é opção. E a ignorância será ela uma opção?
    Pensem nisso!
    Tadeu
    MSN/e-mail: tadeubengala@gmail.com
    Blog: www.lerparaver.com/tadeu

Páginas



31 a 40 de 52