Está aqui

Comentários efectuados por Ana Rochaanónimo

  • Ana Rochaanónimo comentou a entrada "Desabafo" à 10 anos 10 meses atrás

    Olá fofinha, claro que ha males que vem por bem, mas tu és forte e vais conseguir ter agora uma nota ainda muito melhor acredita! e aproveita o tempo livre! estou aqui!

  • Ana Rochaanónimo comentou a entrada "Desabafo" à 10 anos 10 meses atrás

    Olá fofinha, claro que ha males que vem por bem, mas tu és forte e vais conseguir ter agora uma nota ainda muito melhor acredita! e aproveita o tempo livre! estou aqui!

  • Ana Rochaanónimo comentou a entrada "a esperança é sempre a ultima a morrer, ou se calhar não é bem assim..." à 11 anos 6 dias atrás

    Olá Tiago, parabéns pela tua coragem e persistência... os teus textos são a prova de um grande testemunho para qualquer um de nós. Eu sei muito bem o que é perder a visão lentamente, mas ainda bem que as coisas se estão a resolver... vai em frente, força! bjs Ana Rocha

  • Ana Rochaanónimo comentou a entrada "Entreajuda e solidariedade" à 11 anos 8 meses atrás

    Olá "liriobranco", eu chamo-me Ana, e quero dar-te os parabéns pela deleciosa maneira com que escreves e que falas de ti. eu ceguei aos 15 anos agora tenho 26. Se poderes diz-me o endereço do teu mail para falarmos mais e do msn também. beijos Ana Rocha

  • Ana Rochaanónimo comentou a entrada "Vivemos num país assim..." à 11 anos 11 meses atrás

    Olá Ana Cristina, eu concordo plenamente contigo. Também digo que não existe melhor bengala que um cão-guia, e que o governo devia preocupar-se mais em ajudar a escola de Mortágua para que fosse possível arranjar novos treinadores e poder-se treinar mais cães por ano de forma a diminuir o tempo de espera. beijinhos Ana Rocha

  • Ana Rochaanónimo comentou a entrada "Como é ver???" à 12 anos 10 meses atrás

    Olá Paula, eu chamo-me Ana, ceguei aos 15 anos e tenho 25. Se poder entrar em contacto comigo posso contarlhe um pouco de como é um cego andar na rua. escreva-me para: Alanarocha@sapo.pt Ana Rocha

  • Ana Rochaanónimo comentou a entrada "Como é ver???" à 12 anos 10 meses atrás

    Olá amigos, eu também tive de passar do mundo dos normovisuais para o mundo dos cegos aos 15 anos e agora tenho 25. Confesso que foi uma batalha muito dificil adptarme ao novo mundo em que tinha entrado e enfrentar as dificuldades da vida. Eu já sabia braille desde pequena por apresentar ja antes problemas de visão. Mas por exemplo na area da locomução confesso que tem sido uma grande batalha ao longo de todos estes anos. Embora consiga conhecer o mundo com os outros sentidos digo que tenho imensas saudades do tempo em que ainda via um pouco.

  • Ana Rochaanónimo comentou a entrada "Banco de Ajudas Técnicas disponibiliza uma centena de equipamentos " à 12 anos 10 meses atrás

    Parabéns a Dr. Fátima e Lara Dias por este banco estar a ajudar as pessoas dessas residências. é pena em Lisboa ou Sintra que é o meu conselho não fazerem o mesmo. Mais uma vez parabéns e continuem em frente, pois as ajudas técnicas são muito importantes para todos.

  • Ana Rochaanónimo comentou a entrada "Aluno da Wizard luta por impressora em braile" à 13 anos 1 mês atrás

    Eu chamo-me Ana Rocha, tenho 25 anos e desde que entrei na faculdade que luto por ajudas técnicas para um bloco de notas com linha braille portátil para poder tirar as minhas notas com mais facilidade. estou a tirar o curso de informática na faculdade de ciências Campo Grande Lisboa. Já na preparatoria e na secundária era a minha mãe que ia para a mediateca para me digitalizarem os livros ja que o s não faziam em braille. e ainda hoje assim o é feito. Ana Rocha

  • Ana Rochaanónimo comentou a entrada "Peça de teatro promove a inclusão de invisuais" à 13 anos 2 meses atrás

    Olá, eu gostava de falar com o porta-voz deste teatro. Se tudo correr bem, eu e a AE da minha faculdade, queremos convidarvos a fazer um espectáculo na minha faculdade. Eu também sou cega desde os 15 anos, mas apoio a inclusão de todos.
    Contactem-me para o mail sitado acima. mail: alanarocha@sapo.pt, Saudações Ana (e se alguém tocar ou cantar também queremos contactos).

Páginas



1 a 10 de 11