Está aqui

Comentários efectuados por Orquídea azul

  • Orquídea azul comentou a entrada "nós e os erros no trabalho" à 13 anos 6 meses atrás

    Olá amiga Alice

    Antes de mais, quero dar-te os parabéms por teres criado este teu cantinho de partilha, foi uma boa ideia para ti, e é bom para nós também...
    Quanto ao assunto dos erros no trabalho... é assim: Acho que ninguém gosta de ser repreendido...(sorriso) Principalmente na fase inicial, quando se está á pouco tempo num emprego, sentimo-nos inseguros, pelo menos falo por mim. Quando comessei a trabalhar,é lógico que metia bastante água. Ainda mais trabalhando num cítio onde por vezes ha stress e tudo tem de correr rápida e eficazmente. Eu levava repreenções como é lógico, e ficava muito sensibilizada e triste pois achava que, se calhar, não ia ser capaz de "Entrar no esquema"(risos) Mas por outro lado, temos de ver que não ha ninguém perfeito, e que outras pessoas também cometem erros, até aquelas que já estão lá faz tempo e não têm deficiência alguma. Por vezes, também temos a sençação de estarmos a ser discriminados... Ou seja... Tu fazes uma asneira e eles olham para ti como quem diz... "eu sabia que ela não ia ser capaz"... E isso é o que mais magoa... Mas com o tempo, aprende-se a "Criar calo" Temos de ver que ás vezes as pessoas também dizem coisitas impensadas no meio da confusão, e que não é nada pessoal... e que, talvez, por vezes também somos nós que somos um pouco supersensíveis e levamos sertas coisas a peito que nem se quer eram dirigidas para nós... A mim pessoalmente por vezes até me conforta ver alguém que esjtá no meu trabalho "meter água" assim eu penso: Ainda bém que não fui eu!...(risos) Mas brincadeiras á parte, eu acho que nós não podemos desanimar. Temos de ter força e auto-estima, acreditar em nós próprios, nas nossas capassidades e nunca desistir de mostrar aos outros e anós mesmos que queremos e podemos ser boms profissionais! Quando alguém me manda uma mal mandada, eu penso assim: Das duas uma!... Ou ele tem razão e eu para a próxima não repito o mesmo erro, ou então, deixo-o falar e espero que ele no dia seguinte acorde mais bem-disposto!(risos)
    Beijinhos para ti e para todos que lêm o teu blog
    Orquídea azul

  • Orquídea azul comentou a entrada "Com tecnologia, deficiente supera limite " à 13 anos 6 meses atrás

    Olá comunidade do lerparaver! Saudo especialmente o autor deste texto muito informativo e interessante.
    ás vezes, eu ponho-me a pensar nestas questões da tecnologia. Sem dúvida, ela é e será cada vez mais o passaporte de pessoas com deficiência para uma vida dita normal... Ou seja... Uma vida com espasso para trabalho, vida afectiva e social, assecsibilidade ao mundo como as pessoas sem limitação o vêm ETC. é muito bom as tecnologias serem utilizadas para facilitar a vida a toda a gente... Mas ás vezes, isso também me assusta um pouco... Pois se for-mos a ver, estamos completamente dependentes da informática, do bom funcionamento de tudo o que é electrónico... Se ha qualquer coisa que não bate serto, cai tudo por terra... Se algum sistema falhar ou apanhar qualquer tipo de virus, está tudo perdido!... Eu vejo por exemplo no meu trabalho... Quando tenho problemas com o jaws, fico dependente de utras pessoas para me ajudarem... Se acontesser uma falha qualquer no sistema que o Senhor pellegrini tem para fazer a sua vida, acionar os comandos ETC... ele fica novamente perdido e excluido... O ser humano faz coisas muito boas e cada vez mais sufisticadas, mas a sua capassidade de construir é tão grande como a capassidade de destruir. Eu não quero ser pessimista, pelo contrário. Eu estou muito feliz por ter acesso á internet através do jaws, por ter o talks no telemóvel, poder escrever e ler as minhas SMS sem precisar de ajuda de ninguèm... Mas como tudo na vida, todas as medalhas têm dois lados... E como neste mundo nada é perfeito, a evolução pode progredir e regredir, e o mundo dá montes de voltas... Através da tecnologia, nós deficientes podemos ser livres, mas nãodeixamos de ser dependentes... Dependentes da chave que, aparentemente, nos abre as portas para a liberdade...
    Com amizade
    Orquídea azul

  • Orquídea azul comentou a entrada "Acessibilidade de questionários online" à 13 anos 6 meses atrás

    Olá Ricardo!

    Eu só vi hoje a tua entrada e foi experimentar responder ao teu questionário, mas não consegui. Aparesseu-me uma menságem a dizer que não havia inquérito com os dados fornecidos... Não percebi muito bem, mas se calhar, foi algum erro meu...
    Com amizade
    Orquídea azul

Páginas



11 a 13 de 13