Está aqui

Comentários efectuados por jofigomes

  • jofigomes comentou a entrada "Será que a minha escola se pode considerar escola de referência?" à 11 anos 8 meses atrás

    Muito bom dia Sr Aquilino Ribeiro,
    Em primeiro lugar, agradeço imenso a sua oferta, acho que este tipo de iniciativas devem partir dos alunos, eu vou tentar contactar a direcção da minha escola e ver o que se poderá fazer.
    Em parte, acho que a culpa muitas vezes também é dos alunos porque maioria das vezes contentam-se com o pouco que têm, não vão procurar mais, não fazem o mínimo esforço para atingir novos objectivos e novas metas. Mas enfim..... Cada vez mais a liberdade de expressão vai diminuindo...... As pessoas acham que podem ser recriminadas quando precisam de falar e não o fazem por recearem algo.
    Mais uma vez obrigado.

    Com os melhores cumprimentos
    Joana Gomes

  • jofigomes comentou a entrada "Será que a minha escola se pode considerar escola de referência?" à 11 anos 8 meses atrás

    Olá! Fico contente por saber que és um visitante acíduo ao meu blog! Eu também concordo, infelizmente estes problemas não acontecem na minha escola, pois todos os dias me deparo com situações semelhantes a estas na rua.
    Mas é como tu dizes, o remédio é nós nos adaptarmos às más sinalizações de obras que as pessoas fazem, à falta de sensibilização por parte da sociedade, já que as pessoas não se querem adaptar às nossas necessidades.... Enfim... Vamos andando, tropeçando e caindo, quando infelizmente acontecer alguma coisa que seja grave, vais ver que vão começar a ter cuidado até com o mínimo degrau que esteja um pouco rachado!! Afinal estamos em Portugal!

    beijinho Joana

  • jofigomes comentou a entrada "Será que a minha escola se pode considerar escola de referência?" à 11 anos 8 meses atrás

    Olá, muitas das vezes o maior problema nem é quando retiram os alunos da beira dos irmãos ou primos, porque issso também vai facilitar a interacção que o aluno mais tarde terá com a restante comunidade escolar.
    Não podemos pedir às crianças ou jovens que comuniquem apenas com a família, é saudável que estes comuniquem também com a restante comunidade escolar. Mais tarde, quando não tiver a companhia do irmão ou do primo, já saberá como fazer, enquanto que se estiver constantemente acompanhado por estes, mais tarde ficará á «toa», sem saber o que fazer.

    bjs Joana

  • jofigomes comentou a entrada "As pessoas cegas e as novas tecnologias" à 11 anos 8 meses atrás

    Olá stora, em primeiro lugar queria agradecer-lhe a visita ao meu blog e também o seu comentário, é sempre bom sabermos que as pessoas normo-visuais se interessam pelas nossas temáticas, pelas nossas dificuldades e obstáculos.
    Queria dizer-lhe também que se eu sou assim, talvez o deva em parte a si, pois é sabendo que temos pessoas que nos dão força e apoio, que todos os dias nos levantamos e pensamos que temos que ganhar forças mais um dia para continuar a lutar com os diversos obstáculos que nos aparecem no dia-a-dia, mas que, nos permitem crescer e ficar mais fortes. É sempre bom chegarmos à escola e sabermos que pelo menos uma pessoa estará lá sempre para nos defender para o que der e vier!
    Lembra-se quando escreveu, não sei bem onde foi, nem como foi, a única coisa que me recordo na perfeição é que a stora disse que eu e o Ricardo não podíamos ver o sol, aquele que é amarelo e que é suposto dar luz às pessoas, mas, nós também temos um sol, que apesar de não o vermos, sentimo-lo e ouvimo-lo, pois o nosso sol é o carinho e força que todos os dias a stora tem para nos dar!

    Beijinho Joana

  • jofigomes comentou a entrada "Será que a minha escola se pode considerar escola de referência?" à 11 anos 8 meses atrás

    Olá Filipe,
    Concordo plenamente com o que estás a dizer, até porque eu todos os dias chego à mesma conclusão, as pessoas preferem sempre o ficar bonito em vez de preferirem manter as pessoas com deficiência em segurança. Talvez isto se continue a prender à falta de sensibilização por parte da nossa sociedade, dos arquitectos principalmente.
    No caso da minha escola, talvez isto se prenda não só à falta de sensibilização, mas também ao facto de as pessoas cegas que a frequentam, ou frequentaram, nunca terem chamado a atenção aos devidos órgãos, sabes, tal como eu, que cada vez mais as pessoas cegas ficam à espera que façam tudo por elas, sem que seja necessário fazerem algo, ou seja, preferem ficar sentados à espera que as pessoas se sensibilizem, que procurem saber tudo sozinhas, em vez de se levantarem, arregaçarem as mangas e começarem por o mínimo, que é sensibilizar os funcionários, professores, e depois, sensibilizar os alunos.
    bjs Joana

  • jofigomes comentou a entrada "Caminhar no escuro" à 11 anos 8 meses atrás

    Tixinha obrigadão pelo comentário!
    Também concordo contigo, esta é uma forma de nos libertarmos, apesar de que eu acho que esta também é uma forma de mostrarmos às pessoas que somos capazes, talvez esta também seja uma forma de mostrarmos a outros cegos que aindam não aceitaram a cegueira, que nada está perdido, que se muitas vezes procurassem soluções para a cegueira em si, procurassem uma ocupação para não estarem parados enquanto estão cegos.
    Talvez aches que esta é uma opinião forte, fria, ou mesmo agressiva, mas é apenas um desabafo, pois se maioria dos cegos pensasse positivamente em relação à sua limitação, garanto-te que íam existir menos complexos, preconceitos e as pessoas passariam a ter mais força de vontade para enfrentar tudo e todos!
    Venha quem vier, a força de vontade leva-nos a todo o lado!