Está aqui

Comentários efectuados por Ana Rocha

  • Ana Rocha comentou a entrada "Namoro entre cegos e entre um cego e um normovisual: Quais as diferenças?" à 10 anos 2 meses atrás

    Ana RochaOlá Tixa e Sofia, antes demais queria dizer que os vossos textos dão uma grande lição de vida a qualquer um. Concordo plenamente com as vossas palavras pois eu também penso que não devemos ser persionistas, devemos valorizarmo-nos e depois valorizar os outros, e considero undamental numa relação seja ela como for entrecegos ou normovisuais ou cego e normovisual, ou pessoas de baixa visão que é fundamental o conhecimento e o respeito de ambos... Beijinhos

  • Ana Rocha comentou a entrada "Namoro entre cegos e entre um cego e um normovisual: Quais as diferenças?" à 10 anos 3 meses atrás

    Ana RochaOlá Sofia e todos, eu na minha opinião concordo que não deveria existir descriminação entre ambas as pessoas sejam cegas ou normovisuais... eu no meu caso tenho um namorado ambliope e por acaso so usamos a bengala quando nos sentimos mesmo perdidos ou em estadas perigosas. Posso partilhar aqui a experiência de eu ser totalmente cega mas ter sido muito bem aceite pelos pais dele principalmente e depois pela família. Embora eu saiba que no geral ha muitas pessoas que não aceitem esse tipo de relações...

  • Ana Rocha comentou a entrada "Desuso ou desinteresse?" à 10 anos 3 meses atrás

    Ana RochaOlá Tixa, eu aprendi braille aos 4 anos de idade na altura não gostava nada pois com essa idade queria era brincar. Mas hoje agradeço aos professores que me o ensinaram. E posso afirmar que se o braille deseparecesse eu iria sentir-me analbeta sim, pois o braille é a minha escrita a máquina é a minha caneta menos na faculdade pois não é permitido. Não dispenso os livros em braille. O braille é e será sempre o meu alfabeto!...E se possível eu até gostava de passar a minha experiência aos outros ensinndo a quem o quer aprender...

  • Ana Rocha comentou a entrada "Teatro: Invisuais "vêem tudo" em peça de Mia Couto e Agualusa através de sistema de audiodescrição " à 10 anos 4 meses atrás

    Ana RochaParabéns a quem programou este evento dando essa grandiosa oportunidade aos cegos... Deviam fazer isso por todas as salas de teatro, eu adoro teatro e cinema mas sem audiodescrição fica complicado perceber as cenas.

  • Ana Rocha comentou a entrada "Teatro: Invisuais "vêem tudo" em peça de Mia Couto e Agualusa através de sistema de audiodescrição " à 10 anos 4 meses atrás

    Ana RochaParabéns a quem programou este evento dando essa grandiosa oportunidade aos cegos... Deviam fazer isso por todas as salas de teatro, eu adoro teatro e cinema mas sem audiodescrição fica complicado perceber as cenas.

  • Ana Rocha comentou a entrada "UTAD facilita vida a candidatos com necessidades especiais " à 10 anos 4 meses atrás

    Ana RochaOs meus parabéns a este projecto da Utad. é um projecto de louvar e na minha opinião devia ser feito nas grandes cidades de Lisboa e Porto... Seria muito importante para os candidatos com necessidades especiais...

  • Ana Rocha comentou a entrada "PROBLEMAS NAS RELAÇÕES FAMILIARES OU NO NAMORO, QUE ENVOLVAM A DEFICIÊNCIA VISUAL" à 10 anos 4 meses atrás

    Ana RochaOlá Tiago e Jorge, eu ceguei aos 15 anos devido a doença Síndrome de Alstrom que podem ver no directorio oftalmologico. Mas reaprendi a viver, por acaso ja sabia ler braille porque a minha visão era de 10% e como tremia muito a vista devido a um nistagmo fui aos 4 anos aprender o braille no centro Hellen Keller. Agora já tenho 27 anos, sei fazer algumas coisas, otras vou aprendendo como todos etc. Força a todos. Se quiser partilhar alguma coisa aqui fica o meu msn: ana.golfinha@gmail.com e o meu mail pessoal: alanarocha@sapo.pt

  • Ana Rocha comentou a entrada "PROBLEMAS NAS RELAÇÕES FAMILIARES OU NO NAMORO, QUE ENVOLVAM A DEFICIÊNCIA VISUAL" à 10 anos 4 meses atrás

    Ana RochaOlá Tiago, antes demais os meus parabéns pelo teu comentário pois são grandes verdades... Eu actualmente namoro um rapaz ambliope e eu sou cega total, mas como o amor é forte supera os preconceitos e todas as limitações e todos nós aprendemos tudo. Eu estive em Julho no centro nossa senhora dos njos a ter aulas de cozinha que me fizeram muito bem mas se não as tivesse aprenderia por mim, pois todos nós somos iguais com mais ou menos uma limitação mas todos aprendemos tudo... Os meus parabéns a todos os casais deficientes, que todos sejam felizes...

  • Ana Rocha comentou a entrada "As Coisas Que Fazem Falta" à 10 anos 4 meses atrás

    Olá a todos, eu tambem andei no Keller desde o pré-escolar até aos 11 anos, por acaso saí de lá por causa do divorcio dos meus pais. Mas ainda bem que saí pois foi na escola oficial que aprendi o que custa a vida cá fora, que aprendi a crescer e a ser eu a lutar pelo que queria e não os outros... Concordo com as palavras da patrícia... e obrigada pelos vossos testemunho, é sempre bom partilhar esperiências...s

  • Ana Rocha comentou a entrada "Esta é a vossa oportunidade" à 10 anos 5 meses atrás

    Ana RochaOlá Patricia, quero dar-teos parabéns por este teu texto...
    e compreendo perfeitamente pois eu ceguei lentamente aos 15 anos e por acaso ja tinha saido do keller a 6 anos atras onde cá fora consegui aprender como era o mundo, tão diferente do keller.
    Eu ao principio tambem apesar da vontade de aprender não aceitei logo a cegueira, e ainda hoje não gosto de usar a bengala mas uu-a pois é a bengala que nos ajuda a nossa independencia... bjs

Páginas



11 a 20 de 64