Está aqui

Comentários efectuados por Sidarta

  • Sidarta comentou a entrada "Ajuda a Respeito da Culinária" à 13 anos 4 meses atrás

    Olá Ana! Eu não sou nenhum mestre da culinária, mas sei algumas coisas.

    Em questão do Bife, eu também tinha esta dificuldade, tanto que eu criei este tópico de fórum com esta dúvida.

    Pelo que o pessoal andou me ajudando e a minha experiência como cozinheiro, posso concluir que para saber se o bife está bom, temos que prestar a atenção em alguns pequenos detalhes, como o tempo, a concistência e o barulho dele fritando.

    Em questão do tempo, só a experiência que irá dizer, pois se eu falar um tempo, posso errar, visto que existe vários formatos diferentes de panelas e bifes, sendo alguns maiores que os outros.

    Enquanto a concistência, é simples. Basta você tocar o bife com um garfo. Só por este toque ja da para perceber a concistência, sendo a mais mole mal passado e a mais dura o bem passado...

    Para virar, procuro visualisar o bife em minha cabeça usando como auxílio o garfo para sentir em qual posição está o bife.

    Lembrando que tudo o que disse pode não ser a mesma forma que outras pessoas fazem para fritar um bife.

    Espero ter ajudado
    Grato Sidarta

  • Sidarta comentou a entrada "O que é belo?" à 13 anos 4 meses atrás

    Olá Luciana!

    Como eu não consigo ver a cor, geralmente me preocupo com a acessibilidade do produto e gosto muito das músicas em MP3. Como sou deficiente visual, gosto muito do fato de poder colocar as músicas preferidas no celular.

    Acho bom quando as teclas são um pouco mais separadas para que seja mais fácil para manuseálas.

    O formato do celular também é uma coisa muito importante. Não é porque nós não enxergamos que irá fazer um celular triangular... rsrsrs

    Creio ser um bom celular, aquele que além de todas as características sitadas acima, seja portátil, para que não encomode muito...

    O fato de possuir algum tipo de cheiro, acho que não é preciso.
    Grato
    Sidarta

  • Sidarta comentou a entrada "Projeto Universitário - Aparelho Celular para deficientes visuais" à 13 anos 4 meses atrás

    Olá Luciana! Eu sou estudante, vou a lugares normalmente, como teatros, shoopings, casa de amigos, locais onde fornece cursos, etc...

    Só não vou em locais sozinho como: mercado, porque tenho uma mãe superprotetora. Mas futuramente eu irei sozinho...
    Eu tenho de 15 a 20 anos. Moro no Brasil.

    Acho que só.

    Abraços
    Grato Sidarta

  • Sidarta comentou a entrada "Como é não ver? O que é ser deficiente visual?" à 13 anos 4 meses atrás

    Olá Mak!

    Eu sou deficiente visual, e ao ler o teu comentário percebi que você usa muito a palavra diferença. Agora pergunto a ti, o que é diferença? Ja paramos para pensar o que significa realmente diferença?

    Muitas pessoas dizem que ser diferente é ter qualidades diversificadas comparândo-as com outras pessoas, lembrando que qualidade antigamente era usado como sinônimo de característica.

    Agora fasso outra pergunta: O ser humano é um ser que tem como ser classificado e comparado?

    Vejo muitas controvércias quando o homossapiens classificam sua própria espécie, visto que o ser humano tem uma tendência muito grande para classificar o que está a seu redor.

    Será que se não tivéssemos esta grande tendência de classificar existiria a diferença? Visto que se nós formos pesquisar e analisar, veremos que viemos, todos , da mesma essência, sem diferênças e imaturos.

    Agora deixo a pairar outra pergunta: Será que deveríamos usar esta palavra, diferença?

    Abraço a todos
    Sidarta

  • Sidarta comentou a entrada "Ajuda a Respeito da Culinária" à 13 anos 4 meses atrás

    Olá Sónia!

    Eu sei por tudo que passas. Mais sinto que em tuas palavras ha medo ou receio.

    Sei que é difícil para nós cozinharmos. Mais isso é só no começo. Depois se torna muito fácil.

    Em quanto a sua mãe. Sei o que é isso. Minha mãe também fala essas coisas. Mais se nós fôssemos seguir todas as preocupações que elas tem, nós não faríamos nada.

    Vou citar uma coisa que acontece comigo. Eu tenho receio de sair na rua sozinho, mais eu gostaria de aprender a fazê-lo. Mas minha mãe não me apóia.

    Sei que um dia terei que sair sozinho, com ou sem aprovação dela, pois eu preciso ser independente, visto que minha mãe não durará para sempre.

    Eu aconcelho a mesma coisa para ti. Sinto que precisas largar o receio de lado e infrentar tudo que lhe da medo, pois eu também tenho medos, esses nos quais tento enfrentar.

    Medos como:Cortar uma carne, fritar alguma coisa, ou fazer um doçe, são coisas passageiras, pois com o tempo conseguirá fazer tudo sozinha e sem medo, visto que só a experiência tras o verdadeiro saber.

    Abraços a todos
    Sidarta

  • Sidarta comentou a entrada "Ajuda a Respeito da Culinária" à 13 anos 4 meses atrás

    Olá Sónia! Para complementar o que Isabel Cardoso disse, eu irei contar a minha esperiência como cozinheiro.

    Quando comecei a cozinhar não sabia muito como fazer as coisas, sendo assim minha mãe sempre me ajudava. Quando eu me deparava com alguma dificuldade eu procurava resolvê-la com a minha mãe.

    Assim, como diz um ditado popular, duas cabeças pensando é melhor do que uma.

    Com a minha mãe me ajudando a achar soluções para o que eu não conseguia fazer, eu passava a saber o que fazer e depois fazia sozinho.

    No começo surgem muitas dúvidas, deixando-nos confusos. Mas isso é normal.

    Para que aprendamos a cozinhar bem, temos que ter paciência, pois não aprenderemos tudo em uma semana, e deixar o receio de lado!

    Espero que tenha ajudado
    Grato Sidarta

  • Sidarta comentou a entrada "Jogos de computador para cegos" à 13 anos 4 meses atrás

    Olá! Sou deficiente visual total e gostei das informações que você postou no site. Eu tentei entrar no site http://www.ogame.com.pt/ mais achei um pouco confuso, pois uso o jaws e não consegui jogar...
    Peço ajuda, pois estou curioso para conhecer este jogo

    Grato
    Sidarta

  • Sidarta comentou a entrada "Projeto Universitário - Aparelho Celular para deficientes visuais" à 13 anos 4 meses atrás

    SidartaOlá Luciana! Eu andei pensando esses dias a respeito do que poderia melhorar em um celular.

    Eu tive a idéia dos jogos... Muitas vezes eu me deparei com meus amigos jogando no celular.
    Essa é uma outra característica que se fosse possível para os deficientes visuais jogarem também, seria mais uma forma de inclusão. É óbvio que não poderemos jogar os mesmos tipos de jogos que os normovisuais jogam, mas poderemos jogar, talvez, um jogo de xadrez, jogo da forca, ou até o jogo da memória em números(Como por exemplo:O celular vai falando os números. Começa falando três números e eu tenho que repeti-los. Depois que eu repeti os três, aumenta a dificuldade...)

    Grato
    Sidarta

  • Sidarta comentou a entrada "Projeto Universitário - Aparelho Celular para deficientes visuais" à 13 anos 4 meses atrás

    SidartaOlá Luciana! Sou deficiente visual total, moro no Brasil e tenho um celular da Nokia, este no qual consigo fazer apenas ligações, visto que não é nem um pouco funcional para as pessoas que não enxergam.

    Gostaria de citar a tendência dos aparelhos ficarem menores do que ja são. Este detalhe é muito interessante, pois precisamos de um aparelho que supra nossas necessidades e seja portátil. Mas isto tras desconforto para eu, que sou deficiente, pois os botões ficam menores, sendo assim, ficam mais difíceis de manuseá-los.

    Outra característica que me tras dificuldade é o fato de poucos celulares virem com a possibilidade de instalar algum programa que o torna acessível, visto que esses celulares são muito caros e não são todos que tem condições financeiras para comprá-los.

    Outra coisa que na minha opinião, se os celulares tivessem seria melhor, são os botões de atalho, esses nos quais facilitariam o nosso acesso a áreas do celular mais rápido.

    Gostaria também, de comentar a respeito do design. É muito legal a sua proposta de fazer celulares que além de serem funcionais sejam estéticamente bonitos.

    Agradeço, desde ja, a você, Luciana, a preocupação de fazer produtos acessíveis para os deficientes.

    Qualquer outra dúvida pode postar que, na medida do possível, tentarei responder
    Grato
    Sidarta

  • Sidarta comentou a entrada "Quais as diferenças entre deficiênte visual e cego" à 13 anos 5 meses atrás

    Olá! Quando dizemos que uma pessoa é cega, queremos dizer que ela não enxerga nada, sabendo que há cegos que não gostam de ser chamados desta forma.

    Agora quando dizemos que uma pessoa é deficiente visual, não estamos especificando. Esta palavra necessita de algum complemento, sendo ele:
    Deficiente Visual Total-Aquele que não enxerga nada como os cegos.
    Deficiente visual Sub-Normal-Aquele deficiente que possui algum percentual de visão, ou seja ainda enxerga.
    Deficiente visual monocular-Aquele deficiente que enxerga apenas com um olho.

    Sidarta

Páginas



31 a 40 de 68