Está aqui

Artigos interessantes

Nesta secção pode encontrar diversos artigos interessantes relacionados com a temática da deficiência.

Veja também algumas publicações regulares relacionadas com a deficiência visual.

Quem necessita de educação especial?

por Lerparaver
Imagem do autor Vicente MARTINS

A legislação, no Brasil, evolui mais do que as leis em se tratando especialmente de educação escolar. Para ilustrar, uma metáfora: as leis andam a passos de tartaruga e por isso, cedo caducam; enquanto a legislação, a saltos de canguru, permanentemente, actualizam-se no espaço e no tempo. Os conceitos de educação especial e necessidades educacionais especiais exemplificam bem a assertiva e a metáfora acima.

...

Emprego e trabalho para portadores de deficiência

por Lerparaver

As Leis, os Debates e os Projetos de Ação no Ano 2000

João Baptista Cintra Ribas *

Nunca se debateu tanto emprego e trabalho para portadores de deficiência física, visual, auditiva e mental como neste ano de 2000. Poucas vezes se viu tanto empenho na elaboração de alguns projetos de ação, públicos e privados, ainda a serem inteiramente desenvolvidos, como neste ano. Nos debates e na elaboração dos projetos estiveram envolvidos empresários, economistas, professores universitários, consultores, educadores do ensino profissional, técnicos da Secretaria de Educação Especial e da Secretaria de Educação Média e Tecnológica do Ministério da Educação, médicos do trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego, promotores do Ministério Público do Trabalho, representantes das Centrais Sindicais, profissionais do Ministério da Justiça, parlamentares, técnicos das instituições sem fins lucrativos e, é claro, portadores de deficiência.

...

Novas tecnologias aplicadas ao desporto para deficientes visuais

por Lerparaver

Nuevas tecnologías aplicadas a los deportes para ciegos y deficientes visuales

José Luis Vaquero Benito
Técnico de Deportes de la Sección de Cultura de la ONCE


INTRODUCCION

El deporte es una realidad social que nos envuelve constantemente, seamos o no practicantes. En casi todos los ámbitos sociales diarios, aparece el deporte en alguna de sus manifestaciones. Esta realidad ha sido percibida por firmas comerciales, descubriendo en el deporte un excelente trampolín de lanzamiento de sus productos, utilizando a los deportistas y su espectacularidad como «gancho» publicitario. Este proceso ha provocado que en el deporte se barajen grandes cifras de dinero y que cada vez se procure dar más publicidad a los eventos deportivos, por lo que constantemente están evolucionando, para hacerlos más vistosos y atrayentes. Esta evolución conlleva una investigación y la implantación de nuevas tecnologías, así como ajustes en los reglamentos, que sirvan para afianzar el espectáculo y la seguridad de los deportistas.

...

Inclusão social do deficiente visual

por Lerparaver

HOMENAGEM A LOUIS BRAILLE

QUATRO DE JANEIRO DE 2004!

Nesta data, há 195 anos do nascimento deste grande Francês, inventor do alfabeto dos cegos, desejo homenageá-lo, divulgando o texto abaixo.

Trata-se de um documento que pode ser útil ao debate sobre inclusão social.

INCLUSÃO SOCIAL DO DEFICIENTE VISUAL

- QUE HÁ DE MITO E DE REALIDADE? -

Gildo Soares da Silva

Assistente social - CRESS 4ª Região, Registro 715

...

Conclusões da videoconferência sobre braille, novas tecnologias, orientação e mobilidade

por Lerparaver

Lisboa-Coimbra-Viseu-Porto

24 de Maio de 2001

Do Painel 1 - O Sistema Braille

Constatou-se que as preocupações dos intervenientes são as seguintes:

1. A fraca competência de leitura leva ao insucesso escolar;

2. O braille requer uma pedagogia adequada e docentes bem preparados;

3. O ensino do braille deve acompanhar os alunos ao longo de todo o percurso escolar, incluindo os estudos universitários;

4. O Ministério da Educação deve dar mais atenção à formação de professores, quer do nível regular, com a introdução de uma disciplina de brailologia, quer a nível da especialização, insistindo nas áreas do braille, das novas tecnologias e da orientação / mobilidade;

...

Convenção internacional sobre os direitos humanos das pessoas com deficiência

por Lerparaver

CONFERÊNCIA INTERNACIONAL

CONVENÇÃO INTERNACIONAL SOBRE OS DIREITOS HUMANOS DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

NECESSIDADE E BENEFÍCIOS»

23 de Setembro 2003 – Fundação Calouste Gulbenkian

CONCLUSÕES


1. A dimensão de direitos humanos da deficiência

Os direitos da deficiência são direitos humanos. As pessoas com deficiência são titulares de todo o conjunto de direitos civis, culturais, económicos, políticos e sociais consagrados na Carta Internacional de Direitos Humanos, em igualdade com todas as outras pessoas. A igual protecção de todos, incluindo os que vivem com uma deficiência, e a não discriminação são os fundamentos nos quais se basearam os Instrumentos internacionais de direitos humanos.

...

A visão dos cegos

por Lerparaver

FUTURO Ciência
A visão dos cegos

Diferenças na utilização do cérebro, observadas entre leitores de Braille, trazem nova luz ao estudo do processamento mental da linguagem.

Texto de Alda Rocha

Quando lemos palavras como Sol ou estrela, que imagem mental associamos a estes sons e a estes significados? Depende um pouco da forma como os construímos mentalmente, mas não há dúvida de que sempre que lemos estas palavras, o nosso cérebro vai ao «sítio» das imagens para localizar as que lhes correspondem.

E quando o leitor é cego? A expectativa é que as áreas do cérebro envolvidas na leitura sejam diferentes, no entanto, para surpresa dos investigadores, os cegos congénitos, quando estão a ler Braille, usam as mesmas áreas «visuais» do cérebro que as outras pessoas que perderam a visão em diferentes fases da vida - e que por isso dispõem de memórias visuais que podem ser associadas ao uso de muitas palavras -, mas fazem-no de forma diferente.

...

Ano europeu das pessoas com deficiência - Balanço parcial, referido a 13/09/2003.

por Lerparaver

Analisar o AEPD, em todas as etapas, - da preparação à realização - permite identificar e avaliar o impacto, na construção da sociedade inclusiva, das acções desenvolvidas, do cumprimento dos planos, destacando os factores condicionantes - positivos e negativos - que influenciaram o insucessos ou conquistas, posto que o projecto inicial, (constante da Declaração de Madrid) colidia com o contexto político-social característico das últimas décadas, em Portugal.

Análise retrospectiva dinâmica, porque novos factos amplificarão e esclarecerão a interpretação e juízos subsequentes, geradores da História do AEPD.

...

Páginas



71 a 79 de 79

Subscribe to Artigos interessantes